Novidades

Fique por dentro das novidades do Motel Imperium

Como escolher lubrificante íntimo?

  • 09/11/2020
  • Categoria: Blog Sex Shop
  • Comentários: Nenhum Comentário

Para início de conversa, vamos deixar a neura de lado e exaltar a importância do uso do lubrificante? Sei que muitas mulheres se sentem envergonhadas de usá-lo por acharem que usar significa não estar excitada o suficiente, mas esqueça isso!

O lubrificante íntimo pode ser usado em toda prática sexual, seja sozinha, à dois, usando vibros ou não. O papel dele é aumentar sua sensibilidade de toque, proporcionando mais prazer. Mulheres que ressecam durante o sexo, ou que não lubrificam durante a excitação, precisam de produtos que auxiliem na secura vaginal para que não haja desconforto e não cause lesões. Entretanto, inclusive aquelas que produzem fluidos em abundância se beneficiam dos lubrificantes, então bora usar!

Existem diversos tipos de lubrificantes, com diferentes componentes. Se você não estiver familiarizado com seus tipos, explico para vocês! Vamos lá:

 

À base de água: 

O mais comum e que as pessoas apresentam maior facilidade de adaptação. É hipoalergênico, compatível com látex (material da camisinha), é fácil de limpar e não mancha. Então, se você tem pele sensível, ou não sabe por onde começar, os produtos à base d’água são a melhor escolha.

 

À base de silicone: 

Proporcionam uma ótima sensibilidade ao toque, não é absorvido pela pele, fazendo durar mais e também é inofensivo ao látex! Entretanto, se você tem uma pele sensível, é melhor que faça um teste de toque antes, é melhor que esse teste seja feito numa área sensível, como a pele do antebraço. Assim, sabe-se com maior certeza se o lubrificante causará alguma irritação, caso ocorre, opte pelos à base de água. 

 

À base de óleo: 

Há quem prefira a textura dos produtos à base óleo, mas é preferível que os use apenas quando não tiver penetração, seu atrito com o látex o prejudica, podendo resultar no rompimento dela. Então, faça o uso desses produtos apenas nas massagens e masturbação. A vaselina também está inclusa nisso, viu?

 

Lubrificantes com anestésicos:

Não use. Simples assim. Esses produtos causam uma sensação de conforto momentânea e podem camuflar eventuais lesões que poderiam ser facilmente evitadas.

 

Lubrificantes comestíveis:

Ótima opção para sexo oral. O mesmo teste de toque que precisa no de silicone, é melhor fazer para os comestíveis também, pois possuem aromatizantes e corantes artificiais. E no momento da penetração, opte pelos produtos à base d’água. 

 

É muito importante salientar que você deve sempre usar produtos específicos para a área íntima. Não utilize aquele creme com o aroma que você gosta, ou um óleo específico para massagens, por exemplo. A pele e a mucosa vaginal são extremamente sensíveis e você pode adquirir uma alergia sem a menor necessidade. 

 

Agora que você conhece os tipos de lubrificantes, é hora de testar tudo que você puder e descobrir quais são os melhores para você!

wpDiscuz